Bailarinas de Ribeirão participam do Day Dance na Cisne Negro

publicada em 16.06.09

Ribeirão no Day Dance Cisne Negro

Bailarinas do Corpo de Baile e professores da Rose Ballet School participam no próximo dia 19, sexta-feira, de um “Day Dance” na Escola Cisne Negro de Dança em São Paulo. No período da manhã o grupo de Ribeirão Preto acompanha de perto os ensaios da Cia. Cisne Negro, formada por bailiarinos profissionais e que acaba de retornar de uma tourné pela Europa. À tarde participa de workshops e aulas com os professores da Escola.

Com 30 anos de existência, a Cisne Negro é considerada a mais importante companhia de dança do país e tem como filosofia a originalidade, a tradição e a preocupação de formar novas platéias, buscando públicos capazes de apreciar a inovação e a beleza.

Em agosto, a Rose Ballet recebe a Cisne Negro para dois espetáculos no Theatro Pedro II. “Vem Dançar”, que será apresentado ao público às 16h, “é um dinâmico musical onde os bailarinos da Cisne Negro de Dança contam, cantando e dançando, a história da dança através dos tempos, tendo como Mestre de Cerimônias, o Rei Sol. É a contribuição didática, histórica, social e cultural ao público em geral, numa iniciativa única dentro da carreira da Cisne Negro de Dança e da Dança Brasileira. Já visto por cerca de 50.000 pessoas, ‘Vem Dançar’ mostra com muita alegria e dinamismo um espetáculo com grande qualidade artística, que agrada a crianças de 8 a 80 anos. A média é de 80 espetáculos por ano, por todo o Brasil”.

Às 21h, a Cia volta ao palco para apresentar três grandes coreografias: Reflexos no Espelho, Forrolins e Fruto da Terra

Reflexo do Espelho
Esta nova coreografia de Patrick Delcroix foi criada especialmente para os bailarinos da Cisne Negro e trata do estranhamento que todos têm ao se verem refletidos no espelho. Aos 41 anos, Patrick Delcroix participou durante 15 anos do Nederlands Dans Theatre, de Jiri Kylian, uma das mais importantes companhias do mundo, primeiro como bailarino e depois como coreógrafo-residente. Delcroix participou dos trabalhos de grandes coreógrafos: Billy Forsythe, Mats Ek, Edouard Lock, Ohad Naharin, Nacho Duato, Hans van Manen, além de Kylian. A partir de 90, desenvolveu uma série de coreografias para diversos grupos europeus e desde 92 ensina o repertório do NDT no Conservatório Real de Hague. Em 2001, Patrick Delcroix foi nomeado pelo governo francês Cavalheiro das Artes e Letras por seu trabalho no mundo da dança.

Forrolins
Forrolins foi criada pela coreógrafa Dany Bittencourt e retrata tradições musicais do povo brasileiro, suas origens, sua musicalidade, seu gingado, através da dança a partir das músicas de autores como Heitor-Villa Lobos e Cacá Malaquias, com arranjos do talentoso músico brasileiro André Mehmari, gravados sob a regência do maestro John Neschling. Obra genuinamente nacional, com música brasileira, coreógrafa brasileira, retratando um trabalho repleto de alma e sonoridade brasileiras, resgatando a música brasileira tradicional do nordeste do Brasil.

Fruto da Terra
Fruto da Terra, foi criado pelo coreógrafo israelense Itzik Galili, um dos mais conceituados coreógrafos da atualidade, que tem sua própria companhia sediada na Holanda. A Obra descreve de forma poética e simples, a vida no campo, a comunicação e o relacionamento entre grupos de trabalhadores, que mesmo em meio a tensões e conflitos vivem numa mágica harmonia. Com música de Mercedes Sosa, Fruto da Terra tem grande impacto visual e recursos cênicos inovadores, com tratamento do artista plástico Ascon Nijs.


quem somos | condições de uso | política de privacidade | política de opiniões | política de avaliações | publicidade | anuncie seu estabelecimento | divulgue seu evento | fale conosco

 


Warning: Unknown: write failed: Disk quota exceeded (122) in Unknown on line 0

Warning: Unknown: Failed to write session data (files). Please verify that the current setting of session.save_path is correct (/tmp) in Unknown on line 0